segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

O Chá do Frederico

    Bom, não tem como começar esse post de outra maneira que não seja agradecendo imensamente a ajuda de todos, principalmente da minha cunhada Carol, do Neto que fez acontecer tudo como eu queria, da minha mãe, das minhas tias que passaram o dia todo aqui ajudando nos docinhos e enfim, aqueles que de alguma maneira nos ajudaram e fizeram com que esse momento fosse o mais especial possível.
    Nós íamos gravar o vlog para vocês mas o dia foi corrido DEMAIS e não deu para gravar nada, porém temos bastante foto que já vai dar para imaginar como foi tudo muito lindo e legal :)
    O chá foi no dia 6 de dezembro e escolhemos fazer na parte da tarde porque foi uma coisa bem informal e diferente dos outros chás de bebês (chamamos mulheres e homens). O tema foi de BIGODE, eu sempre fui apaixonada por coisas com bigode e procurando algumas idéias na internet deu para inspirar e ao mesmo tempo fazer o chá com bigode e com a nossa cara. Os enfeites da mesa principal, as lembrancinhas e os enfeites das mesas fomos nós (eu, minha cunhada, minha mãe e o Neto) que fizemos e montamos, deu bastante trabalho mas acho que ficou tudo muito bem feito e diferente do convencional. Nós escolhemos pedir apenas fraldas e lenços umedecidos porque com certeza é o que mais se usa no bebê rs Com a lista de convidados tivemos que ser bem seletivos, claro que eu gostaria de ter chamado várias pessoas que convivo e que converso assim como o Neto mas nossa família já é imensa e só com alguns (bem poucos) amigos e a nossa família deu 135 pessoas, para um chá de bebê é MUITA gente, porém sabíamos que nem todos iriam porque alguns moram longe e outros tinham outros compromissos.
     Mas enfim, deu tudo certo graças a Deus, tinha bastante gente, deu pra rever algumas pessoas que eu não via a algum tempo, deu para conhecer algumas pessoas da casa do Neto que eu não conhecia e acho que a melhor parte foi ter unido as duas famílias ainda mais. Só tenho a agradecer a todos, ao Neto pela paciência, por ter ajudado, corrido de um lado pro outro, por ter cuidado de cada detalhe comigo. A minha cunhada que cada dia aparecia com uma coisa nova, que ficou noites preparando as coisas, por ter ajudado a montar tudo e por ter nos salvado no dia com aquela correria rs. A minha mãe também que ficou o dia anterior todinho na correria com a gente, que recebeu as pessoas e enfim, nos ajudou com tudo. Não poderia ter sido melhor e eu vou lembrar pra sempre desse dia com muita alegria e satisfação por ter sido tudo tão lindo.
E agora vai algumas fotos do dia :)







> A mesa principal 
 




> Papai e Mamãe



> Não sei se da para ver a foto direito mas morri de amores e precisei postar, são as duas bisas beijando o Frederico <3



> Mais a nossa cara impossível essa foto HAHAH com as tias doidas <3



> Deixando todo mundo gordinho


> Vovó e vovô por parte do papai



> Vovó e vovô por parte da mamãe


> O começo da bagunça



> O final (pouco zuados)


> Apesar da vergonha valeu a pena brincar <3


> E enfim o que ganhamos, deu de mais de 50 pcts de fraldas e 40 lenços umedecidos, fora as roupinhas, sapatinhos e etc :)















      Então é isso, eu vou postar as fotos com os convidados lá na página no facebook porque fica muito pesado para o blog mas quero mais uma vez agradecer a todos que foram e aos presentes, vocês são demais!! <3

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Ultrassom 3D

    Como prometido, vim contar e mostrar um pouquinho da delícia que é fazer esse exame.
    Desde que fiquei sabendo que estava grávida comecei a imaginar o rostinho dele, com quem ele se pareceria e quem ele iria puxar. Claro que o exame não é perfeito e para ajudar o piriquitinho estava bravinho no dia e ficou sentado o tempo todo, e acho que ainda estava muito novinho então não deu para ver tão perfeitamente mas já deu pra ter um gostinho do que virá pela frente, de como ele é, e com quem ele mais se parece.
     Nós fizemos o exame com 27 semanas e 1 um dia, minha sogra e minhas cunhadas nos acompanharam no exame e foi uma experiência muito legal, mas semana que vem irei na médica e irei pedir um novo pedido porque quero fazer de novo em um dia que o Frederico esteja de bom humor porque são ótimas e impagáveis recordações!
    Ele estava com 1kg e pouquinho e 33 cm <3

                                               
Se fazendo de difícil hahaha

TCHARAMMMM!! Ai está o Frederico

Olhem esses pézinhos que eu vou querer morder todos os dias <3










     E é isso, o melhor, mais completo e perfeito presente de Deus na minha vida. Não consigo acreditar ainda que essa perfeição está dentro de mim, que eu gerei essa vida linda e abençoada e que em breve estará em nossos braços nos trazendo muita alegria e muito ensinamento.
Obrigada Deus e obrigada Frederico por fazer parte de nossas vidas e que mesmo estando dentro da barriga já nos deu grandes felicidades, todos esperam por você!!

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

1º Ano de Muitos

     Este mês foi o mais corrido e pesado para gente, tanto que planejamos várias coisas para quando a data chegasse e o que fizemos foi acabar esquecendo mas é claro que eu não ia deixar passar em branco e precisava registrar pelo menos aqui.
      Dia 23 de novembro do ano passado foi a maior correria, me lembro como se fosse hoje. Acordamos cedo em um dia meio nublado e fomos para São Paulo buscar nossas alianças de ouro, e queríamos noivar naquele dia mesmo. Só que como sempre aconteceu milhões de imprevistos,  e várias coisas para não dar certo e o que a gente fez? Passamos por cima de tudo e decidimos fazer mesmo assim. Combinamos com os mais próximos, escolhemos nosso restaurante preferido da época e fomos!
     Foi muito legal e eu senti uma coisa que jamais vou sentir de novo, claro que eu sabia o motivo de estarmos lá mas mesmo assim, a sensação era de surpresa, de novidade, de coisa boa no ar! E foi mesmo, você foi maravilhoso falando coisas lindas diante de todos e eu boba como sempre nem abrir a boca consegui. Obviamente eu aceitei, nós nos abraçamos, e ali foi selado o primeiro dia do resto das nossas vidas. Tem gente que acha que isso só acontece no casamento, que ai sim a relação vai começar e blablabla mas a nossa começou muito antes disso quando resolvemos enfrentar tudo juntos, passando por cima de toda inveja e toda coisa ruim de pessoas alheias e eu tive a certeza de que tudo estaria bem e daria certo se estivéssemos juntos como no dia do nosso noivado!
     Saímos do restaurante e como sempre fomos comemorar na balada com os nossos amigos, foi ótimo e as fotos do dia são vergonhosas mas com certeza ficará na mente de todos aqueles que fizeram parte dessa data importante para nós.
     Esse ano ganhamos o nosso presente de família, o Frederico! Poderia ser melhor?! CLARO QUE NÃO. Ele não foi planejado mas nós não nos precavemos porque sabíamos o que queríamos para nossas vidas, sabíamos o quanto isso nos completaria e traria felicidade e ainda mais amor ao nosso relacionamento e mesmo com as brigas, as dores de cabeça, os momentos de raiva, é exatamente isso que acontece! Eu sou mais feliz a cada minuto por ter vocês dois, por ter formado minha família cedo como sempre sonhei e com o melhor cara do mundo, aquele que além de um ótimo filho e um ótimo noivo será um ótimo pai :)
   É isso amor, feliz 1 ano de noivado. Parece que foi ontem e parece que fazem mil anos, te conheço tão bem, te amo tanto e ao mesmo tempo ainda sinto aquele friozinho na barriga por estar perto de você e espero que seja pra sempre assim.
      Que esse ano seja o primeiro de todos que temos escrito para nós. Te amo, te amamos.

27/28/29 Semanas

    Chegamos na 29º semana, e isso é um pouco desesperador, falta tão pouco pro meu bebê vir no mundo, seria tão bom ter ele aqui na minha barriga pra eu poder protege-lo e senti-lo sempre, mas ao mesmo tempo eu não vejo a hora disso acontecer para eu sentir a sua pele, pegar nas suas mãozinhas e sentir seu cheirinho...
     Vamos lá falar das novidades, se lembram que eu falei nos posts anteriores sobre minha "pressão baixa" e sobre a arritmia? Pois bem, agora sim descobri o real motivo disso, ele se chama: síndrome do pânico. Eu percebi porque estava me alimentando bem, dormindo bem e mesmo assim estava passando mal, fui aos médicos e o ultimo disse que tudo isso esta acontecendo porque ando muito estressada, nervosa, ansiosa e etc, a consequência disso são as coisas horríveis que sinto como falta de ar, sensação de desmaio, um incomodo horrível e imensurável e etc, para tratar estou tomando um remédio  (indicado pela minha GO) que disse que eu terei que tomar PELO MENOS até o bebê nascer e depois que ele nascer a gente vê como fica minha situação. É horrível isso, me deixa revoltada por eu estudar tanto sobre e tentar controlar e não conseguir, mas o bom é que eu sei o que é, que não afeta o bebê e que eu não tenho nenhum problema mais sério, só que mesmo assim sei que é algo que devo cuidar para não se tornar algo pior e é isso que estou fazendo.
      Até a minha ultima consulta na GO, eu tinha engordado 7 kg, ou seja, não foi muito e eu estou bem satisfeita porque só engordei na barriga e pra ajudar (pelo menos por enquanto) não saiu nenhuma estria nela ❤️  Uma outra coisa que aconteceu a umas semanas atras é que já tenho o líquido chamado colostro, pra quem não sabe é o que a gente tem antes do próprio leite, um líquido meio transparente que é rico em nutrientes para o bebê e ótimo em manchar lençol hahaha
       O Frederico não para dentro da minha barriga, ele mexe o dia toooodo, é só eu estar sentada ou deitada que sinto meu piriquitinho nadando, isso é uma delicia quando estamos só nós dois porque é um momento meu e dele, mas acontece que as vezes eu estou estressada ou precisando dormir e é impossível me desligar com um bebê que não para rs
      Nós fizemos o US em 3D e isso eu vou contar em um próximo post, só adianto que foi maravilhoso e que ele é lindo e perfeito ;)
       Então é isso, aqui vai umas fotinhas atuais:
Com o papai bobo haha

 Na formatura do primo















domingo, 23 de novembro de 2014

O Motivo do Sumiço

     Oi gente e oi Frederico rs Eu sumi mesmo do blog, o ultimo post foi com 26 semanas e foi bem mais ou menos, hoje estamos com 28 semanas e muita coisa anda acontecendo e eu quero contar tudo aqui com mais calma no próximo post, este é só pra explicar porque sumimos e como anda nossa vida.
    Estou no final do semestre, isto quer dizer: estou com a cabeça a mil, tendo que entregar trilhões de trabalhos, estudar para provas, tendo mini infartos todos os dias quando pego as provas e depois quando abro o sistema da UNIP para ver as notas. Pode parecer exagero, mas finais de semestre são sempre estressantes e cheios de coisas, além do mais estou me dedicando o máximo que posso para não pegar DP e ter que fazer quando voltar a estudar. Para poder ficar mais "tranquila" e fazer as coisas da faculdade, resolvi tirar os meus 15 dias de férias do serviço que estavam sobrando, mas de férias mesmo não estou tendo nada, estou dormindo tarde, acordando tarde e indo direto para o computador estudar até a hora de me arrumar e ir para a faculdade.
     Fora isso faltam 2 semanas para o chá do Frederico, OMG!!!! O tempo está literalmente voando, nós começamos a organizar tudo com antecedência mas ainda temos muito o que fazer como terminar de enviar os convites, comprar o que está faltando, achar roupa pra usar no dia e ficar pensando em tudo da organização. Minha mãe disse que parece um casamento e ela realmente tem razão, é muito detalhe, muita coisinha que gasta tempo e eu sou louca neurótica e não consigo deixar que façam nada sem mim, conclusão, final de semana teremos que correr com TUDO que está faltando porque dia 6 está ai para festejarmos com o nosso baby dentro da minha barriga rs
    Então é isso, já estou com peso na consciência por ter parado esses minutinhos escrevendo aqui, minutos preciosos que eu poderia estar adiantando algo do chá ou estudando rs e é isso que vou fazer agora: estudar, estudar e estudar com o Frederico que está aqui nadando na minha barriga <3 Peço desculpas a quem gosta de me acompanhar aqui, prometo que essa semana terá o post sobre as semanas que passaram e sobre o US 3D com a carinha do bebê bravinho hahahaha Beijos e uma ótima semana a todos.
Acima uma foto da situação da pessoa e da pessoinha na barriga, tadinho! rs

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

O Bebê Mais Querido do Mundo /26 semanas

     Há tempos meus pais pedem para acompanhar um ultrassom do Frederico mas como sempre faço em São José dos Campos, fica ruim para eles, principalmente para minha mãe ter que sair da imobiliária no mesmo tempo que eu. Como eu tinha um pedido de exame a um tempo e meu pai estava de férias, aproveitei para marcar um exame no dia que dava para todos irem, inclusive minha vó. Marquei em Jacareí e só tinha o dia que o Neto chegava tarde do serviço então ele não foi
     Demorou séculos para eu ser chamada, até que entramos na sala, minha avó ficou sentada do meu lado e meus pais ficaram em pé. Não demorou muito e lá estava meu bebê, enorme, e muito mais perfeito do que estava no ultrassom morfológico, e o mais fofo: CHUPANDO DEDO SEM PARAR! Gente do céu, não tínhamos visto isto nos exames anteriores então foi uma super surpresa,  e quando estava sem o dedo, ficava abrindo e fechando a boquinha, como se estivesse bocejando. Ele está tão grande que o pé dele estava para cima da cabeça (me da agonia de ver mas era fofo), os olhinhos já aparecem bem e graças a Deus está tudo como deveria estar. Seu peso é de 848 gramas, e a média desta semana era 700, ou seja, um super bebê HAHAHAHA
     Foi tudo muito emocionante, poder ter a companhia dos meus pais e principalmente da minha avó que sempre sonhou em ser bisavó e eu realizei este desejo, foi a melhor coisa do mundo, eu não trocaria este momento por nada, apenas desejava ter o Neto conosco mas não faltará oportunidade e ele já foi em muitos rs. Hoje em dia que sou mãe consigo graças a Deus valorizar a presença e o amor de toda a minha família.
-
    Sobre a gravidez mesmo, estamos com 26 semanas. Está tudo correndo bem, essa semana apesar deste calor insuportável eu passei menos mal. Minha barriga está cada vez ficando mais dura, parece que vai estourar, é muito estranho e por enquanto ainda não saiu nenhuma estria na minha barriga (uhul). Minha fome continua aumentando cada vez mais e outra coisa que está totalmente insuportável é o calor, gente não é um calor comum é uma coisa insuportável ): E é isso, agora é aguardar até o dia 14 para vermos o nosso bebê lindo rs

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Palavras de um Futuro Bom

     Muita gente pediu para que eu fizesse um post falando sobre os nossos planos para o futuro diante desta grande novidade e mudança em nossas vidas, eu enrolei bastante pensando se deveria ou não colocar algo tão pessoal e incerto assim, mas como nada nesta vida é certa e pode haver mudanças, os nossos planos também podem mudar. 
   Vamos lá, começando pelo principal : onde iremos morar. Muitos não sabem mas nós compramos um apartamento antes mesmo de sabermos do Frederico, o único "problema" é que ele está construindo ainda e provavelmente as chaves serão entregues lá para o fim do ano que vem. Nós poderíamos vende-lo e comprar outro mas o nosso é lindo e perfeito então preferimos esperar um pouco do que pegar qualquer um. A solução imediata e obvia é ficar na casa dos nossos pais, mas como queremos que o Frederico tenha contato com as duas famílias, decidimos que vamos ficar nas duas casas, um pouquinho em cada, ou seja, não iremos montar quarto para ele em nenhuma das duas casas, até porque não compensa a gente gastar dinheiro pintando, comprando as coisas e adequando para ele sendo que em breve mudaremos e teremos que montar tudo de novo no apartamento, fora que no apartamento queremos tudo novo. Na casa do Neto nós vamos usar o bercinho que foi de todos da família e está sendo restaurado para o nosso baby e em casa ele irá dormir no moisés que compramos em conjunto ao carrinho e o bebê conforto. 
    Agora sobre o MEU futuro, trabalharei até conseguir, como ele nasce em fevereiro, eu pretendo trabalhar até o começo de janeiro e depois parar para poder descansar e me preparar para a chegada dele. Não sei se voltarei depois da licença porque o bebê ainda vai estar com 4 meses, com certeza não conseguirei deixa-lo em casa tão cedo e também não quero, não acho justo. Já a faculdade foram longas horas e dias pensando no que seria melhor fazer, pegar a licença agora e trancar um semestre, terminar o ano e pegar licença, trancar um semestre só e blábláblá, conversei com a coordenadora de curso, com os meus colegas de sala, com o Neto e os meus pais, mesmo sendo uma escolha só minha eu não conseguia pensar sozinha e a conclusão que cheguei foi que o melhor que eu podia fazer era me esforçar um pouco nesse semestre para terminar e trancar um ano para que eu possar dar a melhor educação pra o Frederico. Isso vai me doer muito porque não faço a faculdade por obrigação, meus pais nunca me forçaram a ir, a escolher um curso e etc, eu faço porque realmente gosto e quero seguir a profissão, além de perder a minha turma mas não posso ser egoísta e pensar só em mim, o Frederico não pediu para vir ao mundo e agora que nós fizemos ele eu acho que é nossa obrigação dar o melhor de nós para ele, mesmo que isto custe nossas escolhas. 
    E por enquanto é isso que temos em mente, espero que corra tudo como estamos planejando e que dê tudo certo, se não for como estamos pensando, que seja melhor ainda e com certeza será pois está tudo nas mãos de Deus :)

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

25 Semanas

      Oi pessoal, faz um tempo que não apareço por aqui mas minha vida anda ainda mais corrida rs e além da faculdade, serviço, mãe viajando, chá de bebê e tudo mais, a minha saúde começou a querer chamar atenção e dar problemas. Tudo começou graças a esse calor abençoado que tem ajudado a minha pressão a abaixar mais do que o normal, o açúcar no meu sangue está queimando rápido demais e isso que estou procurando me alimentar direitinho e sempre e para fechar percebi que meu coração estava acelerando muito e minha GO me encaminhou para um cardiologista para verificar isso e as alterações de pressão, conclusão: tenho arritmia. O pior de tudo é que nada disso depende de mim, não tem o que eu faça para controlar a pressão, nem o açúcar, muito menos o meu BPM. Isso está acabando comigo porque eu não posso parar minhas atividades, mudar minha rotina e não quero prejudicar a saúde do meu bebê (obviamente), mas se Deus quiser vai dar tudo certo para nós dois.
      Enfim, sobre o meu bebê, segundo o BabyCenter ele está com aproximadamente 700 gramas e medindo 35 cm, ai meu Deus, imaginem comigo que fofo que ele não está ficando rs não vejo a hora de te-lo nos meus braços. Eu percebi essa semana que é só eu colocar a mão na minha barriga que o neném mexe mas achei que era psicológico ou que estava dando sorte, só que no site está falando que é possível brincar com ele porque ele sente onde estamos com a mão e "devolve" o toque.
     A minha fome aumentou demais, virei um saquinho sem fundo, como, como, como e não estou saciada. Isso está me deixando preocupada porque não quero engordar muito só que não consigo controlar, é fora do normal e praticamente incontrolável. Meu sono estou super atrapalhado, tenho sono e moleza o dia todo, chega a noite eu desperto e não consigo dormir de jeito nenhum e quando durmo acordo no meio da noite e fico viajando horas, horas e horas.
      Começou a aparecer aquela linha marrom na parte debaixo da minha barriga, bem fraquinha mas já tem e cada dia que passa eu me sinto mais grávida ainda :)
       Por enquanto é isso, estou ansiosa demais para a 27º semana onde iremos fazer o US 3D e ver pela primeira vez o rostinho do nosso bebê e ver com quem ele se parece <3
   

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Ultrassom Morfológico - 2º Trimestre / 23 semanas

     Pra quem não sabe, o ultrassom morfológico é para ver se está tudo certinho, se os órgãos estão desenvolvidos corretamente, se não tem a fenda labial (lábio leporino), a coluna, os pézinhos e mãozinhas e etc.
    Dia 10/10 nós fizemos o nosso, eu estava com 22 semanas e 1 dia. Passamos a semana super tensos porque por mais que a gente trabalhe nossa mente para não pensar bobeira e para conseguir lidar com tudo que podia aparecer lá é muito difícil para nós imaginar que nosso bebê podia ter algum problema ou algo parecido que pudesse prejudica-lo. Enfim chegou a hora de ir, nós  chegamos lá e como sempre eu nem conseguia falar de nervoso, tudo que eu queria era deitar lá e ver meu bebê bem, saudável e desenvolvido. 
    A moça que faz o exame é sempre a mesma, já fizemos 4 US lá então ela já nos conhece. Entramos e o exame começou, 1 segundinho e lá estava meu bebê, "enorme", com as formas perfeitas, cabeça, lábios perfeitos, cérebro, cerebelo, coração com os 4 canais, coluna, rins, piruzinho, saquinho, mãozinha na boca, pezinhos.. Cada coisa que ela mostrava era uma explosão de felicidade diferente dentro de mim, de repente  eu o amava 10 vezes mais e parece que a ficha de ter um bebê dentro de mim caiu naquele momento.  Saímos de lá radiantes de felicidade e tranquilos, pronto, meu bebê estava perfeito, com o tamanho certo, com o peso certo e com todos os órgãos funcionando perfeitamente. 
     Esse exame é muito diferente do US comum que quase não aparece nada além das formas e de alguns orgãos, ele mostra tudo com detalhes, vale MUITO a pena fazer e se pudesse eu faria toda semana HAHAHAHA, mas enfim, o próximo que faremos é o 4D mas só daqui a  4 semanas que eu vou estar com 27 semanas e ele já vai estar mais gordinho e mais bonitinho porque agora ele já tem o tamanho ideal só que é muito magro, o que faz com que o bebê pareça uma caveirinha rs 
     Meu Deus queria agradecer novamente por essa oportunidade de carregar um bebê dentro da minha barriga, de poder protege-lo, ama-lo, e me tornar uma pessoa melhor por ele, este é o melhor dos milagres, o milagre da vida. 
E agora vai uma foto do meu bebezão lindo com o nariz da tia Dê ou do papai :) (O neto gravou um vídeo mas ainda não está editado, quando estiver eu divulgo aqui!)
Frederico você é muito abençoado e está cada dia mais lindo, mamãe e papai te amam muito!!!!

-detalhe do meu reflexo na foto haha-
 


     Sobre a semana não tenho novidades, a única coisa é que engordei um pouco e que minha pressão definitivamente não está 'curtindo' esse calor de mil graus mas força, vamos lá.



quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Mimo Para o Frederico

     Esse post é um 'parenteses' entre os outros para mostra o que uma querida da internet mandou para o meu baby. Tem pessoas que desde a época do fotolog me acompanham e eu tento manter contato porque
acho muito legal e diferente esse carinho delas comigo, é como se eu conhecesse elas pessoalmente mas infelizmente todas são de longe e a única maneira de conversar é pelas redes sociais.
      Uma dessas pessoas é a  Rayanne Fontinely mãe da coisa mais fofa chamada Ágatha Beatriz, que nos fez uma surpresa maravilhosa nessa semana. Na verdade, semana passada ela entrou em contato para avisar que iria enviar um presente pro baby mas eu achei que fosse apenas uma lembrancinha, quando abri quase cai de costas, menina doida mandou um PRESENTÃO MARAVILHOSO! E é claro que poderia ser a coisa mais simples do mundo que eu adoraria da mesma maneira só pelo fato de ter tido todo o trabalho de ir comprar, de enviar e tudo mais para uma pessoa que ela nem conhece pessoalmente, mas ela comprou foi um baita presente rs.
     Queria só expressar e agradecer infinitamente o seu carinho Rayanne, não só pelo presente mas por acompanhar minhas coisas e ser tão querida como é quando trocamos mensagens, que Deus te dê tudo e dobro e continue abençoando e você e seu casamento. Eu, o Neto, minha família e todos que viram o tênis ficaram apaixonados, ele é lindo!!


segunda-feira, 13 de outubro de 2014

1º Dia das Crianças


     Dia 12 de outubro como todos sabem é dia das crianças e esse foi o melhor que eu pude ter desde que cresci. Foi um dia totalmente normal além de ganhar presentinhos da minha sogra MAS de noite sozinha fiquei pensando o quanto esse dia era especial e o quanto ano que vem será ainda mais.
     Ele ainda é uma bolinha dentro da minha barriga e mal entende o que está acontecendo e o que está por vir mas nós aqui fora só sabemos falar de FREDERICO, CHÁ, FREDERICO, CHÁ, FREDERICO rs Esse é o maior e melhor presente que ganhamos e o qual eu agradeço todos os dias e todas as datas comemorativas por ter sido merecedora dessa obra divina de Deus. Ver o desenvolvimento de um feijãozinho para um bebê perfeito e completo que hoje está na minha barriga mas que daqui alguns poucos meses estará em nossos braços nos trazendo ainda mais felicidade é uma coisa imensurável...
      Ontem fomos andar no parque Vicentino Aranha em São José dos Campos, lá tinha muitas crianças de todas as idades e nós ficamos só olhando elas enquanto o nosso ainda está aqui dentro, imaginando quando iremos poder leva-lo para passear, tirar foto com os bichinhos de lá e aproveitar de verdade um fim de semana em família.
      Me dedicarei ao máximo para ensinar o verdeiro valor das coisas, espero que ele prefira um sorriso, uma companhia gostosa e proveitosa do que vários presentes caros, que ele goste de brincar descalço do que goste de ficar o dia todo em um vídeo game e que a gente descubra juntos o quanto o mundo é lindo e o quanto vale a pena viver a vida ao lado das pessoas que a gente ama fazendo aquilo que nos dá prazer.
     Então é isso, no ano que vem com certeza terá foto dele aqui brincando com alguma coisa ou fazendo alguma arte no seu primeiro dia das crianças fora da minha barriga, ai que ansiedade filho, não aguento!! Enquanto isso, essa foto foi de ontem no parque e a roupinha e o sapatinho foi presente da minha sogra :) Beijinhos e por mais clichê que seja, que a gente nunca perca a inocência de criança dentro dos nossos corações.



quinta-feira, 9 de outubro de 2014

22 Semanas

     Essa é mais uma semana sem muitas novidades, segundo o BabyCenter o Frederico já tem o tamanho de um recém nascido porém bem magrinho (mais ou menos 430 gramas).
     Agora os chutes são bem mais fortes e além deles eu sinto uma coisa que acredito que seja alguns movimentos dele, e é tão forte que dá para ver só olhando para a barriga, antes eu só conseguia sentir deitada, agora já sinto em pé e principalmente sentada. Continua sendo uma delícia, o único problema é que as vezes eu estou fazendo algo importante que exige minha concentração e dai já era, tenho que ficar esperando ele parar para retornar a atividade.
    Estou gostando dessa semana porque meu cabelo que antes estava SUPER seco e horroroso agora está voltando ao normal (<3), e meu rosto que não parava de sair espinhas e cravos de uma hora para outra melhorou muito, estou com a pele limpinha sem fazer absolutamente nada, simplesmente dormi e acordei assim HAHAHA. Ainda não saiu nenhuma estria na barriga e no seio, o único lugar que saiu foi no culote onde eu já tinha  quando engordei só que agora ela está mais visível, mas está ótimo por enquanto, são aquelas vermelhas que saem com tratamento.
    Amanhã faremos o primeiro US Morfológico, estamos super tensos mas estou tentando ao máximo controlar essa minha ansiedade e meu medo para que não atinja ele e porque independente de qualquer coisa nós o amaremos demais. -Vou ver com o Neto a possibilidade de gravarmos igual ao dia que descobrimos o sexo-
     E é isso, sem muitas novidades e sem tempo para variar rs, só sei que estou muito empolgada com o chá de bebê, iupiiiiiiiii.

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Vídeo Novo! Roupinhas e Sapatinhos

    Bom dia gente, faz tempo que não sai um vídeo ou um post aqui no blog mas o tempo está voando e nós estamos perdidos com tantas coisas para fazer, faltam só 2 meses para o Chá de Bebê e nós ainda não resolvemos praticamente nada ): Esse vídeo nós gravamos a umas duas semanas atrás mas ficou muito grande e foi chatinho para o Neto editar, por isso saiu só agora. E o Frederico já ganhou outras coisas mas mais pra frente a gente faz a parte dois e passando essa correria teremos muitos vídeos, muitos posts e muitas novidades (aguardem sobre o chá de bebê que eu acho que ficará liiiindo).

Para assistir o vídeo clique aqui >> Roupinhas do Frederico
Não esqueçam de curtir e comentar, beijinhos!

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

21 Semanas

      Está tudo passando rápido demais, é serviço, semana de provas, problemas pessoais e quando eu percebo lá se foi mais uma semana do meu bebê dentro da minha barriga.
      Segundo o BabyCenter ele  está pesando em média 360 gramas e medindo aproximadamente 27 centímetros, ai que orgulho, ele já esta enorme, me lembro quando descobri a gravidez e fui fazer o US, ele ainda tinha 4 centímetros rs.
      Essa semana foi muito importante para nós que começamos a sentir seus movimentos e chutes, e é muito engraçado ele é todo serelepe, sinto ele o dia inteiro, principalmente nos momentos mais inapropriados como quando estou fazendo provas e preciso me concentrar mas dai é só eu estar perto de alguém ou falar para a pessoa colocar a mão na minha barriga que ele simplesmente PARA e não mexe mais, terrível desde novinho (acho que puxou a mãe, hein?! HAHA)
       Outra coisa que eu vi no BabyCenter é a respeito dele ouvir tudo que eu falo -coitado-, lá fala para eu escolher um livro e ler para ele porque estudos comprovam que o bebê que ouve mais coisas direcionadas a ele, mama melhor. Esse final de semana eu com certeza irei procurar um livro bem fofo com uma história muito legal para eu poder ler para ele. E começarei também a cantar minhas músicas preferidas para quando ele nascer ele também gostar, isso faz total sentido, desde novinha eu pegava os CDS do Legião Urbana dos meus pais para ficar ouvindo e minha mãe conta que na gravidez dela ela ouvia direto, ai genteeee quanto amor, não aguento rs, imagina só o Frederico fã de Cazuza, Queen, Led Zeppelin.
        Na minha última consulta na GO ela havia falado para mudar minha alimentação, comer coisas mais saudáveis e evitar bobeiras o dia todo e é isso que estou tentando fazer, eu comia bobeira o dia INTEIRO, era bolacha, chips, porção de batata, litros de refrigerante e tudo que fazia mal não só a mim mas para o bebê também, então agora dia de semana eu acordo, como frutas e danone, depois almoço bem com bastante salada, de tarde como outras frutas e mais alguma coisa para segurar minha fome até a hora de voltar para casa e jantar e só nos finais de semana que eu me permito comer o que quero. Isso foi muito bom porque eu cai na real de quanto lixo eu estava consumindo e o quanto isso poderia fazer mal para o neném, coitado.
       Então por enquanto é isso, essa semana está sendo muito difícil por causa das minhas provas na faculdade,  na verdade toda semana de prova é mas só que agora com a gravidez eu simplesmente me desliguei de tudo, não consigo mais me concentrar pra estudar, para ler alguma coisa ou ver vídeos relacionados a matéria, coitado do Frederico aguentar a mamãe estressada mas tudo tem um propósito e com certeza um dia ele reconhecerá todo meu esforço!
Ficamos por aqui, parabéns para nós amorzinho por mais uma semana muito bem concluída, cada dia fico mais orgulhosa de você!!

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

O Primeiro Chute A Gente Nunca Esquece


     Sábado eu estava deitada assistindo um programa qualquer na televisão e o Neto dormindo, estava super entediada por querer dormir e não conseguir, então o jeito foi prestar atenção na televisão e ficar fazendo carinho na minha barriga, até que, por volta da uma hora da manhã eu senti uma coisa que NUNCA tinha sentido antes, mantive a mão no mesmo lugar para ter certeza que estava SENTINDO O MEU BEBÊ, até que veio outro chute ou murro (rs). Imediatamente chamei o Neto que tem o sono super pesado e que acordou super assustado pelo jeito que eu o chamei, ele colocou a mão e nada, o Frederico simplesmente ficou quietinho e eu fiquei achando que havia sido psicológico.
      Domingo eu acordei e continuei sentindo essas pontadinhas gostosas mas achei melhor não comentar nada já que era só pensar em falar para alguém colocar a mão que parava. Levantamos, fomos almoçar no nosso restaurante preferido, falamos bastante sobre o Frederico (novidade), passamos no shopping mas como sempre eu passei mal e tivemos que voltar. Chegamos em casa e já fomos direito para a cama como de costume.
      Estava tudo apagado e nós dois estávamos em silêncio até que eu comecei a sentir o bebê em várias partes da minha barriga, chamei o Neto e falei para ele concentrar mas por algum motivo, quando ele coloca a mão nós dois sentimos um batimento (não sei se é meu, dele ou do bebê) e mais uma vez não deu certo. Então ele resolveu deitar a cabeça na minha barriga e conversar com o Frederico explicando que era o papai e que era para ele chutar e não é que o menino chutou? Ele sentiu várias vezes e mais uma vez foi uma felicidade imensurável que só se compara ao dia que eu o vi pela primeira vez no US. Fiquei emocionada com aquele momento, só nós três, deitamos, no escuro, um sentindo o prazer de ter o outro sem pensar em absolutamente mais nada. Agradeci a Deus por aquilo que estávamos passando e pedi para que aquele momento se eternizasse em nossas memórias e que viesse muitos mais momentos como este, de plena felicidade e amor.
     - Filho você nem nasceu, a gente nem conhece seu rostinho, seu jeito, sua personalidade mas a cada descoberta, cada conquista, cada momento que passamos e sentimos você é a melhor coisa do mundo inteiro. Você com certeza é a coisa mais especial que poderia ter acontecido em nossa vida, o maior e melhor presente de Deus.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

20 Semanas - Metade da Gestação.

     Eba, chegamos na 20º semana de gravidez e eu estou muito feliz porque isso significa que já estamos na metade dela e acredito que agora tudo irá passar bem rapidinho.
      Ontem fomos na minha GO que viu o nosso US, ouviu o coraçãozinho do Frederico e me pesou (</3), está tudo certo porém engordei 2 kg em um mês, mas tem gente que engorda até 20 kg na gravidez e eu só engordei 3 e estou com praticamente 5 meses, então, sem dramas, a última coisa que vou me preocupar é com meu peso, até porque hoje em dia não há nada que uma plástica não melhore hahaha, a médica só pediu para eu comer menos fast food e diminuir no refrigerante e eu já estava mesmo pensando em fazer isso mas estou na semana de provas e tudo que eu preciso é açúcar e gordura, então desculpa corpicho! Semana que vem juro juro juro que irei melhorar a minha dieta.  
       Outra coisa que está acontecendo mas eu não sei se é psicológico ou se realmente está acontecendo é eu sentir umas coisas na barriga, os famosos "tremores". A minha GO já tinha perguntado pra mim se eu estava sentindo mas como vou saber sendo que nunca senti antes? É difícil afirmar uma coisa dessas MAS acredito que já seja o meu Frederico dançando na minha barriga rs 
     Então é isso, dia 10 de outubro eu tenho o US morfológico e eu estou MUITO ansiosa porque como descobrimos tarde, o do primeiro trimestre nós não conseguimos fazer ):
     A foto de hoje não é com a barriga para fora porque eu esqueci de tirar rs então vai essa que eu tirei na Terça-f que da para ter uma noção do tamanho da minha barriga.


                                             
Ps: essa semana provavelmente o blog irá ficar bem parado porque estou em semana de provas e correndo atrás do chá de bebê com o Neto, gente do céu SOS é muita coisa mas assim que estiver tudo fechado eu conto para vocês. Por enquanto é só :)

       

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Unidas Por Amores em Comum

     



    Vou começar esse post apresentando cada uma delas, a Fernanda é a que está com o baby (lindo, maravilhoso e fofo) no colo, o Léo! Ela fez os primeiros semestres da faculdade comigo e desde sempre me identifiquei muito com ela porque ela é brava e gosta das coisas certas, não fala amém para tudo assim como eu ha ha ha mas infelizmente ela trancou a faculdade por causa do baby Léo que obviamente merece toda atenção e tempo do mundo. E a outra com os dois meninos é a Cléo mãe do Christian(camiseta verde) e do André(camiseta azul), dois lindos também que não queriam olhar para a foto porque estavam super concentrados no vídeo game deles. A Cléo estuda comigo ate hoje e a gente se da MUITO bem, apesar de não conversarmos todos os dias, a gente se da muito bem e eu adoro a maneira dela pensar e agir, além de tudo ela é dona de uma ONG chamada Ciranda do Leite que é muito legal e ajuda muitas crianças e famílias carentes de Jacareí. (Quem tiver interesse em conhecer essa ONG fala comigo que vale muito a pena)
   Nosso encontro foi graças ao aniversário dos filhos da Cléo no sábado a tarde e foi muito legal, nós colocamos o papo em dia, eu conheci os filhos delas e a Fernanda que mora longe pôde ver minha barriga e contar as experiências de mãe. Além disso os maridos e noivos também se conheceram e são todos muito simpáticos.
    Uma pena o tempo ser tão corrido e a gente ter se visto tão rápido, na verdade, acho nem se ficássemos um mês nos vendo todos os dias daria para colocar o papo de mãe em dia e principalmente as fofocas e babados da nossa sala que renderiam boas. 
   E é isso, esse é um post bem pequeno mas não poderia deixar de registrar aqui o encontro de todas nós que agora além de termos o amor  a Psicologia em comum, somos mamães e amamos nossos filhotes, podendo assim dividir muitas experiências e coisas boas!! Obrigada meninas pelo encontro rápido mas maravilhoso de sábado. 

Gravidez Não é Doença

    Quem nunca ouviu a frase "gravidez não é doença" e blá blá blá deve ser surdo ou homem HE HE HE brincadeira mas infelizmente existem muitos ignorantes que pensam assim e realmente não é doença e na maioria das vezes a grávida é tão saudável quanto as outras pessoas MAS se existem os direitos para elas em todos os lugares é porque algum sentido isso faz. 
    Eu antes de engravidar pensava que jamais usaria fila preferencial, e até fazia parte dos ignorantes achando que era um bobeira uma grávida com uma mordomia dessa. A verdade é que a gente só percebe certas coisas quando passamos por ela, e agora que estou com a barriga grande, com dores nas costas e com a disposição de uma pessoa de 100 anos, a fila preferencial é a salvação pra conseguir comprar ou comer algo fora de casa. 
    O duro é que eu sou uma pessoa muito orgulhosa e vergonhosa e se fosse só pelos motivos citados a cima eu com certeza iria preferir pegar uma fila e ficar me arrastando do que simplesmente passar na frente das pessoas, o problema é que além de tudo eu sou hipoglicêmica e basta 2 minutinhos parada em pé para todo o açúcar do meu corpo ir parar lá no dedão do pé, o que faz com que eu exerça meu direito como grávida sem peso na consciência. 
   Sábado eu fui para o shopping de São Paulo com o Neto,o primo dele e a namorada, e eu já estava cansada por ter ido em dois aniversários mas precisava ir porque eu simplesmente estava sem roupas bonitinhas para usar e lá tem a Forever 21 que eu AMOOO. Chegamos lá já era mais de 20:00h e fomos direto na loja, escolhemos as roupas e eu aguentei a fila do provador pois era pequena e eu ainda estava me sentido bem mas na hora de pagar estava uma fila imensa e eu já estava me sentindo esgotada, foi então que eu resolvi pela primeira vez usar a fila preferencial. Toda timida e morrendo de vergonha perguntei a uma das moças do caixa onde era a fila preferencial já com a minha carteirinha de gestante na mão caso eles falassem alguma coisa ou questionassem algo (o que é bem difícil porque pelo tamanho e formato da minha barriga é impossível não saber que estou grávida), ela me mostrou onde era e eu fui lá. Fui atendida numa boa e não me senti mal pelos olhares alheios, afinal, se eu estava ali tinha um motivo. Saindo de lá fomos comer na Apple Bees que é como se fosse o Outback, e lá também tinha uma fila de espera com mais de 30 min, e mais uma vez vi necessidade de usar a preferencial e comuniquei a moça de que era gestante e assim esperamos no máximo uns 15 min até sermos atendidos, o que foi ótimo porque eu estava azul/verde/roxa de fome. 
    Enfim, esse post é só para contar minha primeira experiência como preferencial e para conscientizar quem tem algum tipo de preconceito ou algo assim com pessoas que exercem seus direitos, evitem olhar torto, fazer cara feia e coisas do tipo porque na maioria das vezes ela está se sentindo mais constrangida do que você pensa. 
    E agora em diante nada de filas enormes, vou agir de acordo com o que meu corpo necessita e se alguém achar ruim, vou sentir muito por ele e não por mim.

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

19 Semanas

     Eu prometi a vocês fazer um post por semana contando as mudanças e as novidades, mas meu dia a dia é tão corrido que eu não tenho "tempo" de prestar atenção nos detalhes, de observar as mínimas mudanças e situações que acontecem diariamente comigo e com o meu baby Frederico mas tentarei :)
     Essa semana foi um pouco difícil para mim, as vezes bate uma 'bad' de me sentir insegura, tanto quanto BEATRIZ, quanto ao FREDERICO. Por mim é a questão do meu corpo, do meu futuro, dos meus estudos que eu tanto amo e não quero largar, meu serviço -eu piro em pensar que terei que parar de trabalhar e viver dependente de outra pessoa-, e por eu não ter sentindo ele mexer ainda e não ter sentido nenhum sintoma normal de grávida, eu não me sinto grávida, eu me sinto gorda, sei lá, e eu fico mal por isso e acabo me sentindo culpada por sentir isso porque o baby obviamente não tem culpa nenhuma. E quanto ao Frederico é a questão de não saber e não ter a certeza absoluta todos os dias de que ele está bem, está se desenvolvendo perfeitamente, de que está tudo ocorrendo direito, e eu sei que não devo ficar pensando muito nisso mas é inevitável, eu sempre quis muito um bebê e acho que até hoje não caiu a ficha de que terei um, que vou ser mãe, que agora eu tenho uma família.. é muito estranho, parece que uma hora ou outra eu vou acordar e vai tudo voltar a ser como era antes eu e o Neto com a nossa vida normal e essa insegurança só passa nos exames de ultrassom que eu faço que é quase uma vez por mês </3.
    A minha barriga está enorme (eu acho pelo menos), nossa ela é muito redondinha e as vezes fica dura dura dura e as vezes fica normal. Minhas costas dói cada dia mais, mas deve ser por ficar o dia todo sentada. O cansaço tem aumentado a cada dia, agora é um sacrifício levantar da cama, um sacrifício ir trabalhar, um sacrifício conseguir acordar do cochilo de meia hora do almoço, sacrifício ir para a faculdade, resumindo: é um sacrifício me manter acordada e em pé.
    Sábado passado eu senti umas dores na barriga e nas costas, tomei muita água porque já tinha ouvido falar que grávida precisa tomar o dobro da quantidade que pessoas normais tomam e dito e feito! Eu estava com cálculo renal e soltei a pedrinha sem muito sacrifício mas isso me fez lembrar tudo que eu passei por causa dos rins e agora eu voltei a tomar bastante água e estou lutando muito contra mim mesmo para conseguir uma alimentação mais balanceada e saudável.
    Minha consulta com a GO era na quarta-feira mas ela teve uma emergência e precisou desmarcar e marcou só para semana que vem, então ficarei devendo o meu peso mas semana que vem eu atualizo a informação!
    E essa é a primeira foto da minha barriga na internet (enorme) e de David Bowie hahaha Muito estilooo

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Amigos de Balada

     Esse é mais um post diferente da proposta do blog mas acredito que todas as mamães e papais jovens passam, já passaram ou irão passar por essa situação extremamente ridícula.
     Eu e o Neto sempre fomos muito para as noitadas da vida, saíamos com todo mundo, tínhamos muitos "colegas" e era comum receber uma ligação sábado a noite para ir para algum lugar que envolvesse bebidas e coisas do tipo. E claro, nós sempre gostamos dessa vida, principalmente o Neto, nós saíamos, nos divertíamos muito e chegavamos na maioria das vezes junto do amanhecer.
    Como nós descobrimos que eu estava grávida com quase 3 meses, nós ainda aproveitamos bastante nossa vida de solteiro, fomos pra várias baladas e festa em chácara que só por Deus -coitadinho do Frederico-, convites não faltavam nunca... até que descobrimos a chegada do nosso bebê, ai tudo mudou.
    Foi como se nós tivéssemos envelhecido uns 30 anos (na cabeça das pessoas, claro), todos os "amiguinhos" que viviam nos chamando para sair de repente SUMIRAM e o pior é que não estou falando só de colegas da rua não, isso inclui também familiares. Obviamente que agora nós temos que pensar 3 vezes antes de ir em algum lugar e expor a minha saúde e a saúde do nosso bebê mas isso não quer dizer que nós morremos ou que não gostamos mais de sair de casa. Essa é uma situação muito chata, como falei, não porque nós não saimos mais, mas porque parece que a gente só prestava para isso, para bagunça. A gente não serve pra sair, comer alguma coisa, fazer programas leves ou até mesmo ligar pra saber se estamos vivos e bem...
    O que as pessoas esquecem é que essa fase de não fazer programas tão pesados passa, mas a nossa memória não. E com toda certeza do mundo nós não iremos esquecer quem esteve do nosso lado e quem simplesmente esqueceu que nós existimos, porque hoje somos nós mas amanha pode ser qualquer um deles e é claro que tem também os amigos de sempre que não nos deixam na mão nunca, que estão acompanhando a gravidez junto com a gente, que me liga pra saber se estou bem, se fui ver o Frederico, trás um monte de mimo para ele e etc.. essas pessoas sim valem a pena e são elas que eu quero do nosso lado e do lado do nosso filho :)
   

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

18 Semanas

    


   Hoje fomos mais uma vez ver o nosso nenénzinho e confirmar a data gestacional, agora sim, confirmado! Estamos exatamente na semana 18, nem um dia a mais e agora tentarei fazer pelo menos um post por semana para falar das mudanças e deixar tudo registrado aqui. 
   Bom, como havia comentado no post do quarto mês, o que mais está mudando no meu corpo é a minha barriga, onde eu chego as pessoas já batem o olho e os mais íntimos, claro, passam a mão. Eu como e parece que vou explodir, ela está super redondinha e durinha, como se eu literalmente tivesse engolido uma melancia de uma hora para a outra. Não sei se é por eu passar o dia todo sentada ou se ela está começando a pesar mas eu já comecei a sentir uma dor/incomodo nas costas, é muito chato e as vezes preciso levantar e ficar andando de um lado para o outro até aliviar... 
  Todos que convivem comigo falam que meu seio cresceu mas eu não notei diferença nenhuma no tamanho, apenas as veias que parecem que vão tomar conta deles, é assustador ficar olhando por muito tempo para isso rs. 
   Até então eu não tinha mudado meu paladar nem tinha tido nenhuma vontade mas essa semana eu descobri um amor por TOMATES, estou comendo puro no meio do dia e eles são maravilhosos e o detalhe é que eu nunca gostei, até do lanche eu mandava tirar. Outra coisa que nunca "fui chegada" era frutos do mar, só comia camarão e filé de cação e ainda precisava de um molho para disfarçar o gosto, mas no domingo passado meus pais nos convidaram para almoçar em um restaurante no aeroporto de Guarulhos e o prato foi: Camarão frito e ao molho, lagosta e perna de siri... GENTE QUE ORGULHO, eu comendo todas essas coisas diferentes e chiques -kkk-, devo tudo isso ao Frederico, porque antes dele eu JAMAIS aceitaria comer essas coisas (colocarei a foto do prato aqui embaixo para vocês verem que lindo rs).
   Sobre o Frederico, ele está com 216 gramas (engordou 98 gramas em um mês) e desenvolvendo perfeitamente, graças a Deus. No US de hoje nós vimos seu piruzinho, a bexiga, o estômago e os ossinhos lindos. A data prevista para o parto é dia 12 de fevereiro e eu não vejo a hora desse dia chegar <3 

A foto da nossa comida fina hahahaha delicia demais gente, Frederico deu pulos na minha barriga de alegria :p

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Filhinho de Papai? Será?

                           


     Antes mesmo de engravidar eu sempre gostei de acompanhar os casais que estavam esperando bebês em blogs e vlogs e a maioria - na verdade acho que em todos- que eu via, sempre diziam a mesma coisa: a mulher se sente mãe desde que descobre a gravidez, já o homem só se sente pai quando o bebê nasce, que ele pega no colo e tem o contato humano mesmo.
     Como sempre com a gente tinha que diferente né rs, mesmo que no nosso cotidiano eu seja a mais madura e o Neto mais "sossegado" com a vida, quando o assunto é nosso filho  é ele o maduro, o paciente, o consciente, e eu a desesperada, a louca, a sem noção de tudo, e foi assim desde o começo (esse vídeo mostra bem isso), ele que pegou o exame que deu positivo,ele que sempre falava que achava que eu estava grávida, ele que me acalmou, ele que sempre me apoiou e me ajudou a ter consciência de que com certeza conseguiríamos ser bons pais. 
    Além desse jeito dele comigo, o cuidado, o carinho com a minha barriga, com a minha saúde, a preocupação com meus médicos, a prontidão de me levar nos lugares, a vontade de querer participar de tudo e de não me deixar fazer nada sozinha, desde que descobrimos que estava gravida ele já está sendo um ótimo pai, alias, super babão! A gente sai ele olha as vitrines, compra as roupinhas mais fofas, escolhe tudo comigo, passa mal no ultrassom de emoção de ver o neném rs e o mais importante: acarícia MUITO  a minha barriga e fala muito com ela, do jeito dele vergonhoso mas fala, e é demais, pode até ser que o Frederico não o ouça ainda mas com certeza ja sente seu toque e seu amor quando se trata de nós dois. 
     A verdade é que o Neto já é pai de verdade desde o dia que pegamos o exame positivo e eu, a cada dia que passa tenho mais certeza que tirei mesmo a sorte grande por ter um noivo e um pai de família tão maravilhoso quanto ele, tenho certeza que o Frederico irá amar brincar com ele e o melhor de tudo é que o Neto além de ganhar um filho, irá ganhar um companheiro e vice versa.

(A foto não é recente, minha barriga está bem maior e mais redonda do que isso).

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Fetal Dopper

  Oi gente, tudo certo?
  Hoje vim contar um pouco sobre o Fetal Dopper, acredito que poucas pessoas conhecem essa tecnologia ou se conhecem não entendem e não sabem a facilidade de ter esse aparelho maravilhoso em casa.Bom, nada mais é do que aquele aparelinho que a GO tem no consultório dela para ouvir o coraçãozinho do nosso bebê.
   Eu conheci vendo um dos vídeos da Flavia Calina quando eu nem estava grávida e assim que eu soube que estava pensei em como seria bom se eu tivesse um também, o problema é que ela mora nos Estados Unidos então eu pensei que não teria aqui no Brasil, mas estava enganada, mostrei pro Neto e resolvemos procurar na internet se vendia aqui no Brasil, o valor e etc. Com a pesquisa descobrimos que existem várias marcas, modelos e tudo mais mas os sites que achamos eu não conhecia e fiquei com medo de comprar, então optamos pela marca Angels Sound que estava a venda no mercado livre. Pagamos na média de R$ 200,00 (não me lembro perfeitamente) e o prazo de entrega foi 4 dias úteis porque o vendedor era de São Paulo. Chegou na data certa e tudo certinho conforme o anúncio.
   Quando compramos eu estava com 13/14 semanas e a primeira vez que tentamos ouvir não conseguimos porque dependendo da posição do bebê e por ele ser bem pequeno não é possível ouvir mas ouvimos o barulho da placenta. Mantivemos a calma, pesquisamos na internet onde o bebê ficava na barriga e depois de uns dias eu tentei na hora do meu almoço e ouvi!!! Foi emocionante demais conseguir ouvir o coraçãozinho dele batendo super forte mas infelizmente o Neto não estava comigo para ouvir também, então a noite tentamos e pegamos o jeito de acha-lo na barriga.
    Com as pesquisas também achamos gente que falou que não era bom ouvir por causa da radiação (? ou ondas, uma coisa assim que passava para o bebê e podia acarretar em algum problema já que o aparelho funciona com uma bateria, então esperamos a minha consulta na GO e eu perguntei para ela se havia algum risco para o bebê e ela falou que não tinha nada vê, que eu podia ouvir tranquila mas mesmo com ela falando isso, nós evitamos ficar muito tempo ouvindo, só colocamos para saber se está tudo bem e para matar a saudade rs.
   Gente quem está grávida e tem a possibilidade de comprar, consulta uma GO para ver se ela é a favor e compra porque vale MUITO a pena, tudo que faz a gente se sentir mais próxima do bebê nos deixa tranquila e mais confiante em relação a saúde do tesouro.
   É isso, beijos no coração.
Abaixo a foto do aparelho e dos acessórios que vem :) Caso se interessem, me falem que eu e o Neto podemos fazer um vídeo mostrando como funciona.

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Sugestão dos Amigos

Oi gente, tudo certo?
Eu e o Neto temos vários planos de postagem tanto no blog quando no vlog mas gostaríamos que vocês dessem sugestões do que seria interessante fazermos, qual assunto vocês gostariam que abordássemos e etc.
Além daqui tenho também o ask onde vocês podem fazer perguntas diariamente clicando aqui  :)
Obrigada e a sua participação e interação conosco é muito importante.
Beijinhos de nós três.

terça-feira, 2 de setembro de 2014

Escolha do Nome do Bebê

         Fazer uma escolha pessoal na maioria das vezes já é muito difícil, quando envolve outra pessoa então, nem se fale! E é o caso do nome do bebê onde o pai e a mãe precisam chegar a um acordo, claro que deve existir casais com gostos parecidos ou que um não goste tanto de dar opinião e aceita o que o outro fala numa boa mas definitivamente esse não é o meu caso e o do Neto, além de os dois acharem importante opinar, nós temos gostos TOTALMENTE diferentes.
         Logo que descobri que estávamos "grávidos" as conversas sobre os nomes já começaram a surgir. O primeiro combinado era não colocar o nome de ninguém que havia passado pela nossa vida antes de estarmos juntos, para não criar situações chatas e coisas do tipo, o segundo era que os dois tinham que gostar e concordar, se um gostasse mais ou menos esse nome com certeza não seria escolhido. Pois bem, faz pelo menos uns dois anos que me apaixonei pelo nome FREDERICO, eu não conheço ninguém que tenha esse nome mas sou completamente apaixonada, tanto que uma chinchila que eu ganhei do Neto a anos atrás se chama FRED rs mas o Neto não gostou, falava que era nome de velho, que não combinava e blábláblá, além desse nome, eu era a favor de nomes simples como Joaquim, Pedro, Antônio. Além do Neto não gostar das minhas opções, ele gostava de BERNARDO e ENZO, o BERNARDO até que não é feio, porém a gente tem que sempre pensar além e se escolhêssemos esse nome, muito provavelmente ele seria chamado de Bernardinho ou Bernardão, o que nos meus ouvidos não soam bem. Já a minha lista de nomes de menina eram ALICE, VALENTINA OU MELISSA, e o Neto nem chegou a dizer um nome que ele gostava muito, só uns nomes absurdos que nenhuma mãe teria coragem de colocar haha. Gente, nome é uma coisa que se deve pensar MUITO, tem que pensar nos possíveis apelidos, nos possíveis trocadilhos e brincadeiras que sempre rolam durante a fase escolar da criança. Não é porque eu gosto do Jhonny Depp que eu vou colocar o nome do coitado do meu filho de Jhonny, isso não faz o menor sentido além de não ser justo com a própria criança. Mesmo depois de pensar muito, de conversar muito nós não tínhamos chegado a um acordo, o Neto não queria de jeito nenhum o nome que eu tinha gostado e mesmo eu tentando ser compreensiva em relação a isso, eu tinha vontade de chorar (e quase chorava mesmo) quando ele falava que teria que ser outro nome, porque eu sempre falei que quando tivesse um filho seria esse o nome e tudo mais e no meu coração, mesmo que chegássemos a uma conclusão e que fosse sei lá, JOSÉ, no meu coração ele seria FREDERICO e acho que o Neto viu que eu realmente gostava desse nome e acho que de tanto eu e as pessoas ao nosso redor falarem que é um nome bonito e tudo mais ele ACEITOUUUUUUUU, UHUL!
          Agora a gente já não consegue pensar em outro nome que não seja FREDERICO, a gente já conversa com ele o chamando pelo nome, nos referimos a ele pelo nome e o Neto disse que não trocaria por nenhum outro nome. <3

 -FREDERICO, esperamos que você goste do seu nome tanto quanto nós gostamos! E não vemos a hora de ver seu rostinho pra ver se realmente combina com esse nome. Com amor, mamãe e papai-.

sábado, 30 de agosto de 2014

O Vídeo Mais Fofo

      Oi gente, acredito que a maioria de vocês já tenham visto o vídeo mas pra quem ainda não viu o vídeo é um vlog sobre a ida no segundo ultrassom do nosso bebê onde descobrimos o sexo.. Eu fiquei com dor no coração de postar porque está tão fofo e maravilhoso que queria guardar esse momento só para nós mas como o papai fez um trabalho super fofo e legal eu achei que ficaria feliz de compartilha-lo.
      Espero que gostem e se emocionem tanto quanto nós. Beijinhos. Clique aqui para assistir ao vídeo.

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Chegamos ao 4º Mês

      O post de hoje é um update, então vamos lá :) O que mudou muito do mês passado para esse foi a minha barriga, de uma hora para outra ela cresceu muito e agora independente da roupa que uso ela aparece, e por enquanto estou livre de estrias -uhul-, de perceptível foi só isso. Agora em relação a minha saúde, a queimação finalmente foi embora, posso comer o que for que não fico mais sentindo um maçarico no meu peito, e as dores de cabeças constantes também passaram, ainda sinto uma vez ou outra mas bem mais fraca . Minha pressão continua uma porcaria, é um minuto parada em pé em qualquer lugar que ela já cai e eu tenho que sair correndo para sentar se não eu desmaio, acho que isso é o pior de tudo porque é incontrolável, eu comendo ou não isso acontece. A preguiça e sono aumentaram muito neste mês, e se preciso andar um pouco ou subir um lance de escada fico suuuper cansada como se tivesse subindo as muralhas da China.
     Minha médica é na segunda-feira, ou seja, ainda não me pesei para saber o quanto engordei, no mês passado eu estava pesando 55 kg, e acredito que tenha engordado no máximo 2 kg porque minhas roupas ainda estão entrando e fechando :) Esse foi um post super pequeno mas que eu precisava fazer para ir acompanhando e registrando as mudanças do meu corpo.
- a foto da barriga ficarei devendo novamente porque tentei tirar mas não deu certo ):. É isso, beijos e até a próxima.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

A Primeira Aventura do Nosso Bebê

-Aviso: esse será um post que terá um conteúdo totalmente diferente do que o blog oferece, mas achei que seria engraçado e interessante para o bebê ler as coisas que ele passou comigo dentro da barriga :)-
       Sexta-feira cheguei na faculdade e conversando com a Japa (Andréia Okamura) no meio da aula decidimos ir para a praia, do nada e sem destino. O detalhe é que resolvemos ir no mesmo dia, o plano era matar a última aula, arrumar as malas, encontrar os meninos e já ir e.. FOMOS haha depois de muito tempo estava tudo dando certo. Chegamos e resolvemos ficar em Caraguá mesmo porque Trindade ia demorar muito para chegar e eu já odiava viajar, grávida então piorou. Dormimos e sábado lá estávamos nós animados para comer as coisas na praia e aproveitar o dia ensolarado. Acabamos resolvendo ir para a praia em um carro e fomos no da Japa, fomos para uma praia que nunca tínhamos ido mas o combinado era só ficar onde tivesse quiosque e que aceitasse cartão rs O destino escolhido foi a praia Toque-Toque Grande que é uma praia maravilhosa no meio do mato e que tem que andar por um corredor apé até chegar na praia. Estacionamos o carro, pegamos as coisas e fomos, chegamos lá e a praia era LINDA porém além de não ter quiosque ela era muito agitada. Deixamos a bolsa com todos nossos pertences na entrada da praia e fomos tirar uma foto só pra guardar de recordação -isso foi em 5 minutos no máximo-, voltamos, pegamos a bolsa e fomos embora, mas chegando no carro o Rafael (noivo da Japa) "PERDEU A CHAVE", com calma reviramos a bolsa, fizemos o caminho várias vezes, as pessoas ajudaram a procurar na areia mas tínhamos certeza que não tinha caído porque ele estava sem bolso e com certeza a chave estava na bendita bolsa que deixamos sozinha mas á nossa vista durante uns 4 minutos para ir tirar a foto e voltarmos. Ainda calmos chamamos o chaveiro com a certeza de que seria um trabalho caro porém rápido, e foi bem diferente do que pensamos, para resumir bem a história, o chaveiro ficou das 13:00h até ás 19:00h para nos dizer que não seria possível arrumar o carro A GENTE JÁ ESTAVA O DIA TODO SEM COMER, eu hipoglicêmica, Neto super estressado, milhões de borrachudos nos comendo, frio, friagem, Japa começando com enxaqueca, a noite chegando e o desespero começou a bater. Depois de todas essas horas irritados com o chaveiro que não resolveu merda nenhuma, resolvemos ligar para o guincho (o que já devíamos ter feito no começo, nós sabemos) e a seguradora deu 70 min para o guincho chegar. Entramos os 4 dentro do carro porque a rua estava completamente deserta e estávamos pertinho do beco para a praia, tudo parecia um filme de terror, a gente sem comer, eu sem poder passar mais nervoso do que já tinha passado, nós não podíamos sair de perto do carro porque a pessoa que roubou a chave poderia estar esperando uma brecha, o carro não trancava, pessoas estranhas passando correndo na rua até que eu não aguentei e pedi que o Neto fosse até a vizinha comigo para que ela deixasse eu ficar pelo menos na garagem da casa dela porque eu não posso passar susto. Agora vou contar a parte maravilhosa disso ter acontecido: a EDILAYNE (?, a moça que abriu a casa para nós, nos ofereceu banheiro, roupa quente, fez companhia até o guincho chegar e fritou uma porção de batata smile para nós porque viu tudo o que tínhamos passado o dia todo, gente, essa mulher não existe, nossa nunca vi uma pessoa de tão bom coração quanto ela e seu marido. Mas voltando a história, o guincho chegou e falou que não ia poder nos levar porque era responsabilidade dele e blábláblá, pedimos o taxi da seguradora que também tinha 70 min para chegar e quando ele chegou já eram quase 22:00h da noite, nós estávamos podres e a sensação de quando ele chegou foi a de que estávamos sendo resgatados de uma floresta ou de algo parecido porque foi tudo um horror e aquele dia teve 37246404759 horas. Só doeu na hora de me despedir da Edilayne, queria leva-la comigo ou poder manter o contato, mas infelizmente ela era muito simples e creio que nem celular tinha.
      Chegamos no hotel e a Japa com crise de enxaqueca e sem remédio resolveu voltar para São José dos Campos mas nós ficamos para aproveitar o resto do final de semana e Graças a Deus pelo menos o domingo foi tranquilo e gostoso. Mas foi isso, meu bebê esta dentro da barriga e já está passando e aguentando as loucuras da mamãe, mas tenho certeza que meu dia só não foi pior e que eu aguentei tudo isso porque agora eu tenho que ser forte não só por mim mas também por ele <3 class="separator" data-blogger-escaped-div="" style="clear: both; text-align: center;">

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

A Cor do Nosso Novo Mundo.

      Fim de tarde do dia 19/08/2014 o Neto veio me buscar para irmos até São José dos Campos fazer um novo ultrassom onde possivelmente já daria para matar a curiosidade do sexo. Além da ansiedade para descobrir se era menino ou menina, um medo enorme e incontrolável tomava conta do meu coração, afinal, esses primeiros meses são essenciais para o desenvolvimento do bebê e lá nós conseguiríamos detectar qualquer possível problema, deformação ou aberração (se acalmem, esse é apenas o nome científico para síndromes). Por mais que a gente tenta pensar positivo, por mais que a gente peça 24 horas para que Deus o abençoe e acredite que Ele tem o melhor para nós, esse sentimento de medo é muito ruim e com certeza é um processo que todas as mães passam.
      Na sala de espera o clima é de tensão, não é só da minha parte mas também pela do Neto e de muitos casais que estão na mesma situação que a nossa. Secretária chamou meu nome e nós entramos, finalmente iriamos matar saudade de ver nosso bebê. Neto pediu permissão para filmar tudo, a moça aceitou e eu deitei na caminha. Meu coração acelerou ainda mais quando ela começou a passar o gel na minha barriga, Neto me deu a mão e ela finalmente começou a procurar o baby e depois de uns segundos lá estava ele! Primeiro apareceu a cabecinha, com o cérebro certinho, depois ela nos mostrou a coluninha, o fêmur, e ele cresceu 4 cm! Gente ele parece enorme desde o último exame, vimos suas perninhas, seus pézinhos, os bracinhos tampando o rostinho, o estômago, os olhinhos, o cordão umbilical na barriguinha dele AI MEU DEUS QUE PERFEIÇÃO, nossa, se eu pudesse ficava o dia todo olhando e ouvindo seu coraçãozinho.            Fora tudo isso, deu para ver também o sexo dele, como a moça falou : UM "PIPIZINHO"! Sabia que era menino, desde que soube que estava grávida eu só pensava e via coisas para meninos e eu estava certa! Na hora que ela falou o choro veio de uma maneira quase impossível de controlar, parecia que naquela hora estava realmente caindo minha ficha de que eu iria ser mãe! E todo aquele amor que eu já sentia pelo bebê se multiplicou, tornou-se ainda mais real! Eu e o Neto estamos muito felizes, cada dia mais completos e realizados. Minha família também ficou muito feliz, afinal, sou filha única e meu pai sempre sonhou em ter um homem, ou seja, eles também curtirão muito meu filho.
      Obrigada meu Deus por tudo que tem feito pela gente! E se preparem que daqui uns meses tem mais um meninão com a gente <3 data-blogger-escaped-i="">

- Filho, no dia 19/08/2014 você tinha 8 cm e 118 gramas e mesmo desse tamanho eu e seu pai já te amávamos mais do que tudo!-

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Ninguém Tem Paciência Comigo

      Meu humor nunca foi lá essas coisas, sempre fui muito séria e um pouco (ou muito) grossa, mas não é e nunca foi por maldade, a verdade é que eu devo ter nascido com o nível de temperamento bem menor do que as outras pessoas, só isso. A faculdade de Psicologia me ajudou muito a melhorar esse jeito explosiva e eu estava, literalmente ESTAVA conseguindo me controlar mais, porque agora na gravidez isso piorou MUITO, e é humanamente impossível de controlar meus sentimentos, sejam eles ruins ou bons. Desde os últimos dois meses que eu descobri que estava grávida parece que o universo está ali só para me tirar do sério ou me deixar para baixo, sinto que todos brigam comigo o tempo todo e a pessoa não pode falar um "A" mal pensado que eu já acho que ela está me tratando mal, já vem aquela vontade de chorar, de me enfiar embaixo de uma coberta e não sair nunca mais. Tem também a risada e a felicidade repentina que parece que não vai acabar mais, e assim como a tristeza, é sem motivos e sem explicações. Essas alterações estão acabando comigo e com minhas relações, eu imagino que se para mim que estou vivendo isso já é difícil de entender e lidar, imagina para o Neto e os meus pais... não deve estar sendo fácil e ai fica ainda mais difícil para mim porque me sinto culpada pelas brigas e desentendimentos, mas ao mesmo tempo, parece que ninguém intende a condição que estou, o momento que estou passando. O assunto é tão complicado que até para escrever aqui está sendo difícil, vou chorar ): - BRINCADEIRA -, mas a parte de não conseguir expressar as coisas é realmente verdade, e espero do fundinho do meu coração bipolar que vocês entendam isso e me encham de mimos rs (Continuo devendo a foto da barriga, é porque eu tenho vergonha e ela está começando a crescer ainda.)

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

De 0 á 3 Meses e 3 Semanas.

    Cólicas, enjoos, vômito, vontades repentinas e tudo aquilo que a gente sempre ouve e lê por aí podem não ser os sintomas que todo mundo sente quando está grávida e foi exatamente isso que aconteceu comigo. Quando minha menstruação atrasou e eu fiz o teste de farmácia que deu negativo eu simplesmente ignorei a possibilidade de estar grávida, afinal, não estava sentindo enjoos e estava comendo de tudo. A única coisa que eu senti durante um bom tempo foi uma queimação HORRÍVEL, tudo que eu comia me queimava por dentro e não podia ficar mais de uma hora sem comer que parecia que tinha aberto um buraco no meu estômago, SÓ.
     Agora que eu já sei que estou grávida, estou evitando ficar muito tempo sem comer, estou comendo mais coisas saudáveis, voltei a comer arroz e feijão, muita salada e verdura, frutas e fast food só final de semana. E a única coisa que eu estou tentando cortar do meu dia a dia é a cafeína como café e coca cola (o que é muito difícil para mim mas tudo por uma boa causa, então eu aguento). Minha médica não passou dieta nenhuma porque o bebê está bem e se desenvolvendo perfeitamente mas não é por isso que eu vou me entupir de coisas gordurosas e calóricos, até porque eu quero engordar apenas o necessário para o baby para conseguir voltar com o meu corpo rapidamente.
    Um dos conselhos que recebi foi para andar bastante, mas eu não consigo, é só ficar uns minutinhos em pé que minha pressão vai lá no chão, fora que eu não tenho disposição nenhuma de ficar fazendo caminhadinhas, mas tentarei aos finais de semana andar um pouco porque é bom para nós dois. E isso de exercício é para quem tem a intenção de fazer parto normal, para o corpo ir se adaptando e a mulher conseguir ter mais facilidade para o bebê sair, como eu pretendo fazer cesária, não preciso me preocupar tanto com isso.
     Sobre meu corpo, eu não estou fazendo nada além de passar um creme/óleo que a médica me passou e nós mandamos fazer em farmácia de manipulação, que é para tentar EVITAR estrias, esse creme eu passo todos os dias depois do banho nos meus seios, na barriga, no colote, e no bumbum. Claro que ainda não apareceu nenhuma porque minha barriga cresceu pouco mas não deixo de passar nenhum dia porque depois que aparecem elas não saem mais. Fora a barriga, uma outra coisa que com certeza está mudando e crescendo são meus seios, eles estão maiores e eu tenho a impressão que estão mudando de formato também. O ruim de todas essas mudanças é que coça demais e eu não posso coçar para não ajudar a dar estrias.
   Minha barriga já esta aparecendo, eu ando na faculdade e na rua e sinto que todo mundo está olhando para mim por causa dela, não sei se é paranóia ou não, mas que ela realmente está aparecendo, está porque meus amigos até comentaram comigo ontem rs O lado bom é a fila preferencial, brincadeira! Estou louca para minha barriga crescer bastante para eu realmente sentir que estou gravidissíma.

-Eu não tirei nenhuma foto da minha barriga ainda, no próximo post sobre mudanças do corpo eu posto uma :) 

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Primeiro Dia dos Pais

      Hoje é uma data que obviamente eu não poderia deixar passar em branco já que o nosso bebê ainda está dentro da barriga e não consegue expressar o seu amor por você, o papai do ano.
      Sempre sonhei em ser mãe, mas essa vontade cresceu absurdamente quando te conheci melhor, quando percebi que meu futuro seria ao seu lado. As vezes paro para pensar como tudo seria difícil se não fosse você o pai do meu filho, se ao abrir o envelope com o positivo eu não visse aquela sua carinha de empolgação esperando para ver a minha reação. 
      Não foi planejado, não era a hora de acontecer, mas aconteceu! E acho que ninguém no mundo vai conseguir entender o que estamos sentindo, a gente mal consegue senti-lo e já o amamos mais que tudo, e você sempre manda mensagem quando a gente está longe falando que está com saudade de nós dois... 
      Portanto, eu me sinto completa, inteira, plenamente feliz. Deus permitiu que fosse com você porque já tinha um plano lindo para nós dois e eu confio nisso. Graças a você, hoje sou uma pessoa melhor, passei de menina reclamona para MÃE.    
      Tenho certeza que quando nosso bebê crescer ele vai rir das nossas histórias, das brigas por causa do nome dele, dos nossos medos bobos, dos nossos vídeos e o mais importante, tenho certeza absoluta que ele irá se orgulhar muito de ter você como pai e companheiro dele e eu devo continuar agradecendo todos os dias por Deus ter te colocado na minha vida, por você ser meu namorado, meu amigo, meu companheiro, meu noivo, meu marido, PAI DO MEU FILHO.. Mal posso esperar para ver a carinha dele parecida com a sua (e estou torcendo muito para que ele puxe o seu jeito, seu humor, suas características e tudo que tiver direito porque sei que assim ele será uma pessoa de ótimo coração massssss não vou assumir isso nunca).
      Então fica aqui o nosso FELIZ PRIMEIRO DIA DOS PAIS!!!  Neném e mamãe te amam muito, para todo o sempre <3
  

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Reação dos Famíliares

     Antes de mais nada eu queria deixar claro aqui a minha gratidão por todos meus familiares que independente de qualquer coisa sempre me trataram super bem e agora com essa notícia parece que o amor e o carinho deles comigo triplcou, pudera eu conseguir demonstrar o quanto isso é bom!




                             
     Minha mãe desde sempre me alertou quantas dificuldades eu teria que enfrentar caso engravidasse cedo ou antes de casar, era só surgir assunto de filho que ela já disparava a falar coisas negativas sobre isso. E eu entendo, meus pais eram muito novos e imaturos quando engravidaram de mim, mas mesmo com todas as dificuldades, mesmo com todo mundo apontando o dedo eles conseguiram levar tudo numa boa, se casaram depois de um tempo e ainda hoje depois de tantos anos juntos é muito fácil sentir a felicidade dois dois.
     Talvez o medo dela fosse eu não ter a sorte que ela teve de encontrar um cara tão bom e responsável quanto meu pai, porque fazer filho é fácil, pagar uma merrequinha por mês é "fácil", ir ver 30 min a criança é uma delícia, mas pai de verdade é aquele que passa os problemas do dia a dia junto da mãe, que troca fralda, que chora de cansaço porque o bebê não quer dormir e assim por diante.
     Eu sempre concordei com ela porque já aconteceu com várias amigas  minhas, perdi a conta de quantas meninas são mães solteiras e querendo ou não sofrem com isso porque é uma situação MUITO complicada e triste para qualquer pessoa.
      Mas depois que toda a minha família conheceu o Neto, a personalidade dele, a família dele, essas cobranças de não engravidar cedo diminuíram, claro que eles não queriam que eu engravidasse agora porque queriam que terminasse a faculdade e fosse casada, assim como os pais do Neto preferiam que ele tivesse uma vida mais estável e etc. Só que aconteceu e claro que não foi premeditado.
     Quando descobrimos eu já estava com dois meses e meio e não dava mais para esconder ou adiantar a novidade para nossa família. Então logo que pegamos o resultado de exame de sangue, no outro dia eu cheguei e conversei com a minha mãe (que era a que eu mais estava com "medo" de contar), e contei que havia pegado o resultado e que tinha dado positivo, mas que ainda não era certeza, que não era para ela ficar tão preocupada. Ela teve a reação que eu já esperava, falou que toda mãe falaria, que minha vida ia mudar completamente, que não era a hora e etc, mas tudo numa boa, sem brigas nem nada do tipo. Com o meu pai foi mais complicado porque não estávamos conversando na semana que eu fiz o exame, então eu não contei nada para ele, embora minha mãe já tinha comentado, eu não falei nada até o dia do ultrassom. Quando fiz o ultrassom sabia o quanto ele iria amar de ver o netinho(a) dele, então tirei uma foto e mandei para o celular dele com a seguinte mensagem: "Sei que não estamos conversando mas queria muito compartilhar um momento feliz com você, esse é o seu neto ou neta, espero que fique tão feliz quanto eu estou". Logo em seguida ele me mandou uma mensagem falando coisas lindas que me trouxe uma paz imensa.
    Passado uma semana e o Neto nada de contar para a família dele, porque estávamos com medo da reação do pai dele que já havia passado isso com a irmã. Mas não tinha como adiar e o melhor jeito que ele encontrou foi contando por mensagem para a mãe dele, eu não achei certo mas respeitei sua vontade. E em um domingo no almoço contamos para seu pai. A reação foi totalmente diferente do que esperávamos,  eles não falaram nada de negativo e receberam a noticia super bem, o que também foi outro alívio.
    Minha vó, minhas tias e minhas cunhadas eu não preciso nem comentar, foi uma alegria que só vendo. Além de tudo a gravidez melhorou minha relação com a família do meu noivo, porque agora estamos mais próximos e sempre temos assunto.
    Com todo mundo sabendo parecia que a gente podia respirar fundo novamente, porque seria milhões de vezes mais complicado se alguém não estivesse contente com a notícia mas graças a Deus isso não aconteceu com ninguém, esse bebê realmente veio para trazer muita felicidade a todos a nosso redor e eu só tenho que agradecer cada dia mais por essa oportunidade divina.

sábado, 2 de agosto de 2014

Presente enviado por Deus

     Sonhos.. quem nunca dormiu e acordou pensando em algo que almeja muito mas parecia/parece impossível de se tornar realidade? Comigo não foi diferente, mesmo sendo uma menina de poucos sonhos e vontades, desde muito nova eu tinha apenas um, que era de um dia poder ser mãe, de gerar um bebê, de senti-lo dentro de mim e carrega-lo os 9 meses até que chegasse a hora de ver o rostinho angelical de um bebê com meus traços e do meu amado.
     Mas a vida não é feita apenas de sonhos e coisas boas, e junto do meu sonho, existia também o medo de não conseguir fazê-lo real, pois um bebê é uma dádiva de Deus e eu acredito muito que Ele só da essa chance á quem merece ou á quem precisa aprender algo com a criança, além do mais, minha saúde sempre foi muito debilitada, já passei por duas cirurgias, tinha (ou tenho, não sei) problema nos rins, já tive uma complicação pequena no coração, hipoglicemia e mais um monte de coisa que eu poderia perder um tempinho contando, mas além de todos os problemas mais sérios, eu sempre tive também o ovário com cistos, o que além das cólicas que doíam a alma, aumentava o risco de não conseguir engravidar, preocupada com isso foi na GO onde ela me passou um anticoncepcional que eu tomei durante quase dois anos. Eu tomava certinho todos os dias mas não sentia que estava fazendo o certo e  não estava mais me agradando, além de passar mal todas as vezes antes da menstruação vir, por fim parei de tomar o remédio em janeiro deste ano e eu e o Neto continuamos nossa vida sexual normal, além claro de prevenir como achávamos seguro. Na minha mente, engravidar estava longe de ser possível porque os sintomas dos cistos reapareceram, meu rosto encheu de espinhas, as unhas ficaram quebradiças e tudo mais.
    Apesar da minha menstruação nunca ter vindo na data certinha, ela nunca havia atrasado mais do que 10 dia e aconteceu isso pela primeira vez de Abril para Maio, e quando estava uns dias atrasados eu e o Neto resolvemos fazer o exame de farmácia só para desencargo de consciência mesmo, mas com a certeza de que daria NEGATIVO e foi isso mesmo que aconteceu, o Neto comprou e me trouxe aqui no serviço, eu fiz escondido e rapidinho e na verdade, na hora não deu nem negativo nem positivo, não apareceu linha nenhuma mas depois de muitas horas apareceu apenas uma linha e eu desencanei mesmo de que poderia estar grávida.
   Os meses foram passando e eu com a minha loucura de fazer tatuagem e pintar o cabelo, foi quando decidi de uma vez por todas que viraria ruiva, marquei cabeleireiro, comprei as tintas mas como o Neto falava sempre para mim que eu estava grávida, que o teste tinha dado errado, que as dores no estômago e as queimações eram por causa do bebê e etc, resolvi fazer o exame de sangue que a médica tinha passado a meses atras. Então esperei o Neto chegar do serviço, dei uma fugidinha do meu e fui lá no laboratório, era uma sexta-feira e eu pintaria o cabelo no sábado de manhã, ou seja, o exame precisaria ser pego no mesmo dia. Eu fiquei enrolando e acabei não pegando o resultado, mas estava super tranquila porque ainda sim para mim eu não estava grávida. O Neto me ligou perguntando se tinha pego o resultado e brigou comigo porque eu não fui, ou seja, na minha cabeça ele também não havia pego.
    Como era sexta-feira, eu peguei minhas coisas em casa e fui para a casa dele para dormir lá, quando cheguei ele pediu que eu esperasse um pouco lá embaixo que ele tinha uma surpresa e que precisava arrumar, eu falei que tudo bem mas nem sonhava o que ele estava aprontando. Foi quando ele apareceu e falou que eu estava liberada para subir. Subi e abri a porta do quarto, morrendo de medo de ser algum tipo de brincadeira ou gracinha dele. Em cima da cama havia dois pacotinhos de presente mas mesmo assim, continuei sem fazer ideia do que seria. Sentei na cama e já fui logo procurando uma câmera para ver se ele estava gravando para me zoar, e ele realmente estava. Mas okay, era hora de abrir os pacotinhos! Eu peguei um deles e embaixo apareceu o envelope do exame, na hora eu fiquei gelada, mas ainda assim não fazia ideia do que estava por vir.
   Abri o envelope e lá estava POSITIVO, gente.... POSITIVO, positivo, P-O-S-I-T-I-V-O. Eu li a folha inteira, conferi os dados, perguntei para o Neto se ele tinha digitado o exame no computador (olha as ideias da pessoa retardada), e nossa, eu não acreditava, olhava as roupinhas, olhava o resto do Neto super tranquilo e feliz, e tudo parecia mentira. Não era possível, meu sonho se tornando realidade do jeito que eu sonhava, com a pessoa que eu sonhava, tão cedo quanto eu queria!
    Mas como eu sou dura na queda e não queria criar falsas esperanças, mesmo com o exame em mãos não conseguia acreditar que eu estava grávida, e como nós temos uma tia GO, liguei para ela perguntando se podia levar o exame até o consultório para ela ver porque minha cunhada falou que quem tem cisto no ovário pode ter exame de Beta com falso positivo (o que já havia me deixado mais desanimada). Cheguei no consultório toda nervosa e pedindo a Deus que acontecesse o melhor para todos nós, quando entrei na sala dela ela já me abraçou falando parabéns pelo bebê e quando a entreguei o exame ela só circulou o resultado e falou que já era para começar o pré natal e fazer um ultrassom para ver de quanto tempo eu estava.
    Conseguimos marcar o ultrassom para quase uma semana após a consulta, tomei aqueles copos cheios de água no meu serviço e o Neto veio me buscar. Chegamos no laboratório e eu não conseguia nem andar por causa da bexiga cheia, fora o nervosismo, o medo... O Neto já tinha certeza absoluta que eu realmente estava, mas no fundo, ele estava tão nervoso quanto eu. O homem que fazia o exame nos chamou, meu coração acelerou freneticamente, minha mão gelou, meus pés adormeceram e o medo tomou conta de mim. Mas graças a Deus, isso só durou até eu abrir a calça e o médico passar o gel na minha barriga, foi imediato, LÁ ESTAVA UM BEBÊ, formado, batendo os bracinhos e as perninhas. Eu mal podia acreditar que era verdade, eu realmente estava grávida!! Ele nos explicou tudo, falou que o bebê estava direitinho, do tamanho correto e colocou o som do coraçãozinho dele para a gente ouvir. Depois desse minuto, a minha música preferida passou a ser o segundo melhor som do mundo, porque agora o melhor e o mais tranquilizador é o som das batidas do coração do nosso neném, é um sentimento único, que na hora eu não consegui nem chorar, só queria guardar tudo aquele de maravilhoso que estava sentindo para sempre.
   Saímos do exame emocionados e felizes, com uma sensação que eu nunca tinha sentido, parecia que naquele instante minha vida tinha mudado, parecia que a partir da li minha vida teria que ser diferente, com propósitos e objetivos diferentes, e isso me fazia bem, alias, eu nunca tinha me sentido tão bem na minha vida! E está sendo assim até hoje, a cada palavra boa que ouvimos de nossos familiares felizes com a notícia, a cada novidade do bebê, a cada roupinha que a gente ganha imaginando o sexo..
    Quando fizemos o exame, para ser mais específica,  no dia 22 de julho, eu estava com 12 semanas e 2 dias, hoje, dia 8 de agosto eu estou com 14 semanas e 2 dias, não vejo a hora de poder fazer o próximo ultrassom para ver o que mudou, o quanto ele cresceu e tudo mais!
    Com certeza terá pessoas para falar mal, virar os olhos e apontar o dedo, mas nós estamos tranquilos e felizes, não foi algo premeditado, mas se Deus deixou que isso acontecesse agora é porque era para acontecer.

                                            

   -E bebê mesmo que você demore longos anos para ler tudo isso, saiba que seus papais estão muito felizes e ansiosos para conhecê-lo, não existe amor mais puro do que esse!-