quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Palavras de um Futuro Bom

     Muita gente pediu para que eu fizesse um post falando sobre os nossos planos para o futuro diante desta grande novidade e mudança em nossas vidas, eu enrolei bastante pensando se deveria ou não colocar algo tão pessoal e incerto assim, mas como nada nesta vida é certa e pode haver mudanças, os nossos planos também podem mudar. 
   Vamos lá, começando pelo principal : onde iremos morar. Muitos não sabem mas nós compramos um apartamento antes mesmo de sabermos do Frederico, o único "problema" é que ele está construindo ainda e provavelmente as chaves serão entregues lá para o fim do ano que vem. Nós poderíamos vende-lo e comprar outro mas o nosso é lindo e perfeito então preferimos esperar um pouco do que pegar qualquer um. A solução imediata e obvia é ficar na casa dos nossos pais, mas como queremos que o Frederico tenha contato com as duas famílias, decidimos que vamos ficar nas duas casas, um pouquinho em cada, ou seja, não iremos montar quarto para ele em nenhuma das duas casas, até porque não compensa a gente gastar dinheiro pintando, comprando as coisas e adequando para ele sendo que em breve mudaremos e teremos que montar tudo de novo no apartamento, fora que no apartamento queremos tudo novo. Na casa do Neto nós vamos usar o bercinho que foi de todos da família e está sendo restaurado para o nosso baby e em casa ele irá dormir no moisés que compramos em conjunto ao carrinho e o bebê conforto. 
    Agora sobre o MEU futuro, trabalharei até conseguir, como ele nasce em fevereiro, eu pretendo trabalhar até o começo de janeiro e depois parar para poder descansar e me preparar para a chegada dele. Não sei se voltarei depois da licença porque o bebê ainda vai estar com 4 meses, com certeza não conseguirei deixa-lo em casa tão cedo e também não quero, não acho justo. Já a faculdade foram longas horas e dias pensando no que seria melhor fazer, pegar a licença agora e trancar um semestre, terminar o ano e pegar licença, trancar um semestre só e blábláblá, conversei com a coordenadora de curso, com os meus colegas de sala, com o Neto e os meus pais, mesmo sendo uma escolha só minha eu não conseguia pensar sozinha e a conclusão que cheguei foi que o melhor que eu podia fazer era me esforçar um pouco nesse semestre para terminar e trancar um ano para que eu possar dar a melhor educação pra o Frederico. Isso vai me doer muito porque não faço a faculdade por obrigação, meus pais nunca me forçaram a ir, a escolher um curso e etc, eu faço porque realmente gosto e quero seguir a profissão, além de perder a minha turma mas não posso ser egoísta e pensar só em mim, o Frederico não pediu para vir ao mundo e agora que nós fizemos ele eu acho que é nossa obrigação dar o melhor de nós para ele, mesmo que isto custe nossas escolhas. 
    E por enquanto é isso que temos em mente, espero que corra tudo como estamos planejando e que dê tudo certo, se não for como estamos pensando, que seja melhor ainda e com certeza será pois está tudo nas mãos de Deus :)

3 comentários:

  1. Que lindo Bia!!! Parabéns, nossa como você é forte, eu se compro um apartamento no outro dia to falando para Deus e o Mundo que consegui comprar kkk.

    Melhor coisa que você faz é continuar estudando e dar um futuro melhor pro Frederico (lindo), e além de um futuro melhor você estará dando exemplo para ele com relação a estudos e fazer uma faculdade.

    Com certeza ele terá muito orgulho da Mamãe Psicóloga dele.

    Bjooss muito sucesso!

    ResponderExcluir
  2. Bia vai dar tudo certo!!
    Que bom que você e o Neto têm a cabeça boa.
    Já compraram o apê, que é muito importante e você está certinha em deixar a faculdade por 1 ano pra se dedicar ao Frederico. Você ainda é nova, depois você volta!!
    Vai dar tudo certo!!

    beijos!

    ResponderExcluir
  3. Vai dá tudo certo!
    Confia!!!
    Beijinhos.

    ResponderExcluir